Conheça as versões de ‘A Usurpadora’ ao longo da história

Há 2 anos atrás
Várias atrizes deram vida às personagens da novela que já é um clássico da TV Mundial Fotos: Reprodução/Internet
Compartilhe:

A novela mexicana “A Usurpadora”, produzida em 1998 pela Televisa e protagonizada por Gabriela Spanic, é um verdadeiro fenômeno mundial. Apresentada e reprisada em vários países, a trama é sucesso de audiência há quase 20 anos. Mas você sabia que outras versões da mesma história já haviam sido contadas na TV? O Tela em Vista te mostra algumas dessas versões antigas e também as mais recentes.

A história original de “A Usurpadora” foi escrita pela novelista cubana Inês Rodena. A trama foi oferecida ao público pela primeira vez em forma de radionovela, ainda na década de 1950.

Leia também:

>> Atriz de ‘A Usurpadora’ quase foi protagonista de ‘Mulheres de Areia’

A primeira versão para a TV aconteceu em 1972, em uma emissora da Venezuela (RCTV). Foi protagonizada pelos atores Raúl Amundaray e Marina Baura, que vivia o papel das gêmeas.

Marina Baura foi a primeira atriz a dar vida às gêmeas de "A usurpadora", em 1972Marina Baura foi a primeira atriz a dar vida às gêmeas de “A usurpadora” na televisão, em 1972

Com a repercussão da trama na Venezuela, a Televisa produziu a sua primeira versão de “A Usurpadora”, mas mudou o nome para “El hogar que yo robé” (O lugar que eu roubei). Essa primeira versão mexicana foi ao ar em 1981, estrelada por Juan Ferrara e apresentava a atriz Angélica María no papel das gêmeas.

Angélica María interpreta as gêmeas em "El hogar que yo robé", Televisa, 1982Angélica María interpreta as gêmeas em “El hogar que yo robé”, Televisa, 1981

Em 1987, a RCTV resolveu gravar outra versão de “A Usurpadora”, mudando o nome para “La Intrusa” (A Intrusa). Dessa vez a atriz Mariela Alcalá interpretou os dois papéis principais.

Mariela Alcalá foi protagonista de "La Intrusa", Venezuela, 1987Mariela Alcalá foi protagonista de “La Intrusa”, Venezuela, 1987

Avançando mais um pouco no tempo, em 2012 a emissora Univision, dos Estados Unidos, gravou uma nova versão de “A Usurpadora” que trazia Laura Carmine nos papéis principais. Essa versão foi batizada com o nome “¿Quién eres tú?” (Quem é você?).

Laura Carmine viveu as gêmeas na versão "¿Quién eres tú?", Estados Unidos, 2012Laura Carmine viveu as gêmeas na versão “¿Quién eres tú?”, Estados Unidos, 2012

Portugal gravou uma versão livre da história em 2013. A trama se chamava “Destinos Cruzados” e foi protagonizada por Alexandra Lencastre.

Alexandra Lencastre viveu o papel dublo na versão portuguesa "Destinos Cruzados", 2013Alexandra Lencastre viveu o papel duplo na versão portuguesa “Destinos Cruzados”, 2013

Vendo toda essa lista, é de se concluir que já passou da hora do Brasil, que possui as melhores produções em novelas do mundo, fazer a sua própria versão de “A Usurpadora”. Provavelmente, se acontecer, essa versão deve ir ao ar no SBT. Então vamos rezar para titio Silvio Santos liberar logo isso aí.

Mas é claro que, no coração dos fãs, Gabriela Spanic será a eterna Usurpadora <3 .

Atriz se consagrou interpretando as gêmeas em "A Usurpadora" Foto: Reprodução/InternetGabriela Spanic, ou Paulina e Paola, ou “donas da história”.

Leia também:

>> Ator da Globo declara apoio a polêmico candidato à Presidência

>> ‘Deus Salve o Rei’: Afonso manda prender Catarina

>> Ex-BBB 17 será nova apresentadora do ‘Video Show’

>> Anitta surpreende a todos como jurada do ‘The Voice’

>> Juliana Paiva e Nicolas Prattes: casal na novela e na vida real

>> As sete melhores aberturas de novela da TV brasileira

 

PUBLICIDADE: